«Varjak – Este gato precisa de saber lutar», de SF Said

Varjak Paw é um gato muito curioso, como todos os gatos, e, como todos os gatos, sente vontade de explorar o mundo. Ele vive num casarão, no alto de uma colina, de onde nunca saiu.  A dona é uma velha condessa doente que já mal veem pela casa. A família de Paw não o trata muito bem por ele ser diferente e isso faz com que Varjak tenha uma ânsia especial em se afirmar.

Quando a casa é tomada por um homem com más intenções, acompanhado de dois gatos ameaçadores, o avô Paw pede a Varjak para encontrar um cão e trazê-lo para afastar os invasores. Para o ajudar conta-lhe o segredo do Caminho, as artes marciais dos gatos. Só dominando esta arte é que Varjak poderá enfrentar os perigos do mundo exterior, muito maiores do que ele pode imaginar.

O tom da história é sombrio, a que se juntam as ilustrações a preto e branco, com traços ríspidos que transmitem essa mesma lugubridade algo «Gaimaniana». É interessante acompanhar Varjak enquanto este deixa a sua casa, santuário de conforto, mas sujeito a uma ameaça vinda do exterior, e se aventura na rua onde descobre um mundo que desperta a centelha que tem dentro de si. Pode-se estabelecer aqui um certo paralelismo com o crescimento, quando a criança chega a uma idade em que já se pode aventurar sozinha na rua e fica exposta a uma nova realidade da qual estava protegida, só dependendo de si própria, das suas próprias decisões, para chegar a bom porto, sã e salva.

O enredo é simples, mas as interações de Varjak com as personagens que vai conhecendo na sua jornada e em que se confronta com a vontade de mostrar o seu valor, o medo de rejeição, o preconceito, a lealdade,  e a necessidade de criar laços, acabam por conferir à  história diferentes leituras. Os momentos de ação são aliciantes, com Varjak a dominar cada vez melhor as artes marciais, um conceito invulgar, mas que faz todo o sentido, e o final deixa-nos curiosos por saber o que estará reservado ao nosso gato corajoso no segundo livro, em O Fora da Lei.

Uma leitura empolgante para quem gosta de histórias diferentes de aventuras, com doses equilibradas de ação, com momentos divertidos e de suspense. É capaz de ser demasiado sombrio para miúdos com menos de onze anos, mas é perfeito para jovens a partir dessa idade e para mais crescidos, embora talvez para os adolescentes já não seja tão apelativo.

Varjak

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s