A respeito da censura nos livros juvenis

goulart medeiros 52
Nem a propósito de um artigo que escrevi sobre a censura na literatura juvenil nas escolas e nas bibliotecas dos EUA, parece que em França grupos de extrema-direita, e até o Secretário-geral do Partido UMP, a segunda maior força política no país, estão a fazer pressão para que certos livros infantis e juvenis sejam censurados. Jean-François Copé fez destaque num programa de televisão a um livro em particular, Tous à poil! (numa tradução livre Todos se despem), de Claire Franek e Marc Daniau, e que considera inapropriado e desrespeita figuras de autoridade aos olhos das crianças. No livro infantil ilustrado, várias pessoas, desde o professor, a babysitter, os vizinhos, se despem para tomar banho no mar. O objetivo deste livro, segundo os autores, era o de familiarizar as crianças com diferentes tipos de corpos em situações naturais. O artigo que relata este caso refere ainda que em França tem crescido o número de grupos de extrema-direita que têm feito listas de livros que consideram imorais e que têm solicitado a respetiva retirada de circulação de livrarias e bibliotecas.
Isto é, sem dúvida nenhuma, preocupante!
Parece, no entanto, que a polémica fez com que as vendas do livro Tous à poil! disparassem, chegando mesmo ao primeiro lugar dos livros mais vendidos da Amazon francesa. A notícia completa pode ser lida aqui.

toutapoil

Advertisements

One thought on “A respeito da censura nos livros juvenis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s