As escolhas de Natal de… Andreia Rasga

Oferecer livros, a gente de qualquer idade, é dar muito mais do que um conjunto de folhas de papel protegidas por uma capa. É dar a oportunidade de inventar, de ir longe, de viver mais, de saber outras e diferentes coisas.

Assim, estas são as minhas sugestões natalícias:

o-meu-nome-e_CAPA

O Meu nome é…, de Rita Correia, Edição de Autor

«Um livro/mapa, que esconde várias pistas durante a caminhada (leitura e imagem), onde alguns chegarão à solução mais rápido do que outros, mas todos terão vontade de repetir o percurso, mesmo depois do verdadeiro “nome tesouro” ter sido descoberto.»

A autora e ilustradora Rita Correia oferece-nos um livro que é também um enigma. Página a página somos convidados a viajar por um mundo pintado em tons de verde, recolhendo as nove letras que compõem a misteriosa palavra que completa o título.

capa-charlie-e-a-fabrica-de-chocolate

Charlie e a Fábrica de Chocolate, de Roald Dahl, Civilização Editora

«Charlie Bucket adora chocolate. E o Sr. Willy Wonka, o mais prodigioso inventor do mundo, vai abrir as portas da sua maravilhosa fábrica de chocolate a cinco crianças sortudas. É o melhor prémio do mundo!  Rebuçados cintilantes, gulodices sinuosas e um rio de chocolate derretido esperam por eles. Se Charlie conseguir um Bilhete Dourado, estas guloseimas deliciosas podem ser todas suas.»

Escrito em 1964, este clássico de Roald Dahl reúne todos os ingredientes para se tornar um vício: personagens bizarras, momentos hilariantes, desfechos inesperados e a busca de um menino por um sonho. Um livro intemporal e obrigatório!

mafalda

Toda a Mafalda, de Quino, Verbo

A contestatária Mafaldinha de Quino tem atravessado gerações sem perder força, convicção e pertinência… tudo aliado a boas risadas. A nova edição da Verbo comemora os 50 anos da personagem e traz alguns extras: artigos de opinião e informação que ajuda a contextualizar a personagem e os acontecimentos históricos que a Argentina e o Mundo atravessaram na época. Contudo, as tiras da Mafalda e amigos encaixam na perfeição neste tempo e em qualquer ponto do mundo.

capa-do-herberto

Herberto, de Lara Hawthorne, Bruaá

Para mim este livro é a grande edição de 2014 na área infantil. Na verdade, ele atravessa idades, sexos, formações e informações, para falar de algo tão simples e negligenciado: como todos nós temos um talento só nosso e como ele pode ser revelado quando menos esperamos. Um livro tão bonito, por dentro e por fora, que nos guia, acompanhados pela lesma Herberto, por um jardim de luz e esperança. A guardar na mesa-de-cabeceira, por gente pequena e adulta, para abrir nos dias mais incertos, quando falha quase tudo.

greve

Esta é a sugestão do Tiago:

Greve, de Catarina Sobral, Orfeu Negro

Justifica o Tiago: «porque o livro é muito giro e fala sobre os vários pontos que existem no mundo. Como por exemplo, os pontos cardeais, pontos de exclamação, de interrogação, finais, pontos de vista… Assim vocês vão descobrir como é que chegámos a este ponto».

Advertisements

One thought on “As escolhas de Natal de… Andreia Rasga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s