As escolhas de Natal de… Catarina Araújo

É quinta-feira, penúltimo dia, penúltima lista de sugestões de livros para oferecer no Natal. Um livro é um presente que se pode desembrulhar várias vezes e de várias maneiras, porque não é só tirar o papel de embrulho e já está. É preciso abri-lo, explorá-lo, descobrir-se lá dentro, como poderão verificar pelos títulos sugeridos.

poemasdahorta

Poemas da Horta e Outras Verduras, Manuela Leitão e Marta Monteiro, Máquina de Voar

«Será que podemos fazer ou, mesmo, ler poemas sobre um nabo ou uma abóbora-menina?… Claro que sim. Aqui, acima de tudo, brinca-se. Com palavras, com poemas, com histórias. Por acaso — ou não será assim tão por acaso? —, as personagens são da horta, mas poderiam ser outras. E até tu podias entrar neste livro… ou eu, ou os teus amigos ou os meus vizinhos. Com tudo o que nos define. Com as nossas alegrias e tristezas, com as nossas qualidades e defeitos, com os nossos desejos e os nossos sonhos. São, sobretudo, pequenas histórias que acontecem todos os dias. Para as descobrires, só tens de estar atento… e ter alma de poeta!»

Porquê? Poesia e verduras, tudo num, transformando a horta num espaço de descoberta através da rima. Um livro que convida à leitura conjunta, a momentos de cumplicidade entre pais e filhos, que tem algo a ensinar, muito mais do que apenas versos.

lafora

Lá Fora, de Maria Ana Peixe Dias, Inês Teixeira do Rosário e Bernardo P. Carvalho, Planeta Tangerina

«Mesmo que moremos numa grande cidade, existe sempre natureza lá fora: nuvens e estrelas, árvores e flores, rochas e praias, aves, répteis ou mamíferos.  O que esperamos então? Saltemos do sofá e iniciemos a exploração! Criado com a colaboração de uma equipa de especialistas portugueses, este livro pretende despertar a curiosidade sobre a fauna, a flora e outros aspetos do mundo natural que podem ser observados em Portugal. Inclui também propostas de atividades e muitas ilustrações, para ajudar toda a família a ganhar balanço, sair de casa e descobrir – ou simplesmente contemplar – todo o mundo incrível que existe “Lá fora”.»

Por que razão? Um verdadeiro guia que convida à exploração, à descoberta e ao questionamento, numa edição cuidada, cheia de pormenores cativantes, com informação útil, sem ser demasiado expositiva ou maçuda. Um livro que mal fechamos, queremos voltar a abrir, mas não sem antes ir passear um bocadinho com as crianças e ver de perto todas aquelas coisas divertidas e interessantes que se descobriram «lá dentro».

500_9789895579655_Milagre

Milagre, de R.J. Palacio, ASA

«August nasceu com uma deficiência genética que faz com que o seu rosto seja completamente deformado. Quando nasceu os médicos não tinham esperança de que sobrevivesse, mas sobreviveu. Vários anos e muitas cirurgias depois, August vai, aos 10 anos, enfrentar o maior desfio da sua vida. A escola. Contado a várias vozes, é uma história emotiva das dificuldades que tem de superar uma criança com uma terrível deformação e um relato do milagre que é a vida.»

Pourquoi? É um livro que desperta para a crueza do preconceito e que ajuda a compreender os diferentes pontos de vista de quem lida com alguém «diferente», encorajando o leitor a não ser tão duro consigo próprio e com os outros, e a ser mais tolerante. Aprendemos também que os gestos mais pequenos podem ter um grande significado. Perfeito para abrir os horizontes, tanto de crianças, como de adultos.

pippi

Pippi das Meias Altas, de Astrid Lindgren, Booksmile

«A Pippi das Meias Altas está de volta, e continua engraçada, arisca e incrivelmente forte!
O Tomás e a Anita estão fascinados pela sua nova vizinha, que vive sozinha, acompanhada apenas do seu cavalo de estimação e de um macaco, o Senhor Nelson. Os dois irmãos rapidamente percebem que ela é uma menina mesmo peculiar: ninguém lhe diz o que deve fazer, está sempre metida em sarilhos e peripécias, faz os seus próprios biscoitos e é mais forte do que qualquer outra pessoa do mundo. Ela é a Pippi das Meias Altas. Vais adorar conhecê-la e viver as suas aventuras extraordinárias! A acompanhar o texto original, estão as soberbas ilustrações da premiada artista Lauren Child.»

Warum? Os miúdos vão divertir-se muito com esta história, pois mostra, por um lado, como é bom brincar, sem levar a vida demasiado a sério, mas por outro, como é importante ter uma família que cuida, que dá amor, carinho e estrutura.

marypoppin2s

Mary Poppins, de P. L. Travers, ilustrações de Susana Oliveira, Relógio D’Água

«Jane e Michael não gostavam da sua antiga ama. Também não tinham a certeza de ir gostar da nova: Mary Poppins. Rapidamente mudaram de ideias quando a viram deslizar pelo corrimão acima – e retirar de seguida várias coisas empolgantes de um saco de alcatifa vazio. Agora a única preocupação deles é que ela não parta, pois Mary Poppins apenas prometeu ficar “até que os ventos mudem”.»

¿Por qué? Trata-se de um clássico, que teve uma adaptação ao cinema pela Disney, com Julie Andrews no papel principal. É um passeio pela fantasia enquanto transmite uma mensagem sobre a família e de como é importante não esquecer que os momentos mais significativos são aqueles em convivemos com as pessoas que mais amamos. 

Advertisements

2 thoughts on “As escolhas de Natal de… Catarina Araújo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s