Títulos natalícios

por Catarina Araújo

Nesta altura do ano é o cheirinho a canela pela casa, o odor a lenha queimada no ar, é canções com sininhos a dançar nos ouvidos, é estrelas no topo do pinheiro, o cintilar de luzes coloridas. Tudo aquilo que nos leve a entrar no espírito da época. Pois também há livros que podem ajudar a incorporar esse espírito que nos reúne à infância e nos leva de mãos dadas com os pequeninos. Aqui ficam cinco títulos muito natalícios.

noitedenatal

A Noite de Natal, de Sophia de Mello Breyner Andresen, Ilustr. Jorge Nesbitt, Porto Editora

«A consoada em casa de Joana é cheia de abundância e alegria. Contudo, a menina lembra-se do seu amigo Manuel, que nem vai ter presentes nem uma mesa farta nessa noite tão especial. Decide, por isso, ir ter com ele e dar-lhe o que recebeu. Guiada por uma estrela, Joana descobre, nessa noite, o verdadeiro Natal.»

cancion:Maquetaci—n 1

Uma Canção de Natal, de Charles Dickens, Ilustr. Roberto Innocenti, Kalandraka

«Na véspera de Natal, Ebenezer Scrooge, um velho homem de negócios londrino, amargo, avarento, implacável e desumano, recebe durante a noite a visita do fantasma do seu ex-sócio, Jacob Marley, e logo de seguida a dos Espíritos do Natal Passado, Presente e Futuro que despertarão nele, de forma terrificante, a consciência e o verdadeiro sentido da época…»

tudosobreopainatal

Eu Sei Tudo sobre o Pai Natal, Aurélie Blanz, Nathalie Delebarre, Editorial Presença

«Iniciando-se com a frase «os crescidos dizem que…», este pequeno hino à figura do Pai Natal vem reforçar a sua existência e provar a todos os meninos que ele não só existe como continua a visitar todas as casas, ou melhor, aquelas casas que têm árvores de Natal, em cada ano que passa. As dificuldades enunciadas pelos adultos são rapidamente desconstruídas pelo menino protagonista desta história que encontra resposta para qualquer ideia feita. O importante é acreditar que realmente o Pai Natal existe e toda a tradição de que ele faz parte encontra significado na mentalidade dos pequenos leitores. As crianças são a prova viva de que a lenda perdura ao longo dos tempos e se mantém acima de todas e quaisquer contrariedades. Por isso, não vale a pena dizerem que o Pai Natal não existe quando todos sabem que isso não é verdade.»

painataladormecido

O Pai Natal Preguiçoso e a Rena Rodolfa, Ana Saldanha, Editorial Caminho

«É Dezembro. Na Lapónia, andam todos muito atarefados. O carteiro entrega as cartas, a secretária do Pai Natal, a rena Rodolfa, lê-as e procura as prendas pedidas nas prateleiras, as outras renas preparam-se para a grande corrida de Dezembro. Só o Pai Natal parece não ter pressas. Mas, quando estão já de partida, descobre-se que o provérbio de que o Pai Natal tanto gosta — «Devagar, que tenho pressa» — está mesmo certo. Do que é que a rena Rodolfa se foi esquecer?!»

24_Wor_Case_UK_Cs4.indd

Como Funciona o Pai Natal! Pop-Up, Alan Snow, Civilização Editora

«O que sabemos ao certo sobre o Pai Natal? Como é que ele sabe o que queremos receber no Natal? Como consegue entregar os presentes todos? E o que faz depois do Natal? Há muitas outras perguntas que poderíamos fazer. Este espetacular livro pop-up responde a algumas delas. O autor e ilustrador pega nas eternas questões sobre a misteriosa – mas encantada figura – que é o Pai Natal, para criar cenários pop-up fabulosas e cheias de humor. Os extraordinários cenários pop-up de Como Funciona o Pai Natal! vão deslumbrar crianças e adultos.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s