Leituras para as Férias Grandes de… Sofia Pereira

Sol, praia e campo. São estes os cenários que convidam para as tão esperadas férias de verão. É altura de aproveitar para estar com a família e os amigos, para divertir e descansar. Uma das formas de descansar e relaxar é a leitura, porque os livros fazem-nos viajar para muitos lugares diferentes, conhecer outras culturas e povos e deixarmos a nossa imaginação voar até onde permitirmos. Hoje, terça-feira, é o segundo dia de sugestões de leituras para as férias e cabe-me sugerir-vos alguns livros, dos mais pequenos aos mais crescidos. Vamos viajar sem sair do lugar?

ESTA HISTÓRIA NÃO É PARA ADULTOS

Esta História Não É Para Adultos, de Patrícia Ervilha, Artelogy

«(…) A escola. O meu principal problema com a escola é o trabalho. Na escola trabalha-se muito! Porque se a escola fosse só brincadeira estava tudo bem. Mas o que eu acho injusto é trabalhar e não receber nada… isso é que eu não concordo. Porque os adultos também trabalham muito mas recebem dinheiro por isso! Não sei se recebem 100 euros ou mais mas recebem. Agora eu (!) farto-me de trabalhar e não recebo nada. (…)»

Por que razão? Estamos na época das férias e temos mais tempo para nos dedicar às pessoas que amamos, àquelas que nos são próximas e que querem incondicionalmente o nosso bem-estar. Este livro é uma história sobre famílias e sobre as relações sociais, e pode ajudar a encontrar a felicidade nos pequenos momentos da vida.

O JOGO DAS SOMBRAS

O Jogo das Sombras, de Hervé Tullet, Edicare

«Vais precisar da ajuda de um adulto para brincar a este jogo de sombras. No escuro, usa a tua lanterna e embarca numa fantástica aventura noturna! Um livro de recortes para brincar com as sombras e descobrir as personagens e as formas que se escondem no seu interior. Este é um livro-jogo, com um conceito inovador que permite que o livro saia da página e inúmeras possibilidades de criar histórias além do livro. Desperta a imaginação e a brincadeira, e é ideal para usar em grupo.»

Livro-jogo, para quê? É importante entreter as crianças durante as férias escolares. Os momentos em família, além de marcantes no crescimento e desenvolvimento daquelas, podem constituir importantes brincadeiras e aventuras de partilha de saber ser, saber estar e saber fazer. Num ambiente lúdico, a família poderá explorar este livro que proporciona, através do jogo de sombras, a descoberta de personagens, a criação de histórias e estimula a imaginação e a criatividade da criança.

A CRUZADA DAS CRIANÇAS

A Cruzada das Crianças (Vamos Mudar o Mundo), de Afonso Cruz, Alfaguara

«O que farão os adultos se milhares de crianças saírem à rua para reclamar os sonhos que eles se esqueceram de continuar a sonhar, de pedir a justiça em que há muito deixaram de acreditar? Continuaremos a ignorar estes cruzados com o mesmo cinismo, descrença ou inércia com que tantas vezes olhamos para o mundo que nos rodeia? Ou terá chegado a hora de darmos ouvidos aos sonhos das crianças?»

Porquê? Afonso Cruz faz-nos viajar para o mundo das crianças e lembra-nos que também elas têm sonhos – por vezes, os de tantos adultos – e que há momentos na vida em que é necessário um manifesto, para conseguir alcançar aquilo que desejamos. Um livro que ensina as crianças a lutarem sempre pelos seus objetivos e a nunca desistirem.

O VELHO E O MAR

O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway, Livros do Brasil

«Santiago, um velho pescador cubano, está há quase três meses sem conseguir pescar um único peixe, quando o seu isco é finalmente mordido por um enorme espadarte. O peixe imponente resiste, arrasta a sua canoa cada vez mais para o alto mar, na corrente do Golfo, e obriga a uma luta agonizante de três dias que o velho Santiago acabará por vencer, para logo se ver derrotado. Com uma linguagem de grande simplicidade e força, Hemingway retrata nesta aventura poética a coragem humana perante as dificuldades e o triunfo alcançado apesar da perda. Comovente romance, obra-prima de maturidade de Hemingway, O Velho e o Mar recebeu o Prémio Pulitzer em 1952 e desempenhou um papel essencial na obtenção pelo seu autor, dois anos mais tarde, do Prémio Nobel de Literatura.»

Ler, porque sim! O Velho e o Mar é um clássico da literatura que merece ser lido com toda a dedicação, em qualquer fase da nossa vida. Pela astúcia do protagonista que deve ser um exemplo para todos/as nós, pela apaixonante história que prende a nossa atenção e cativa até ao desfecho, e pelo facto de o ambiente que rodeia a personagem principal ser marítimo – um dos cenários idílicos das férias de verão – sugiro que não deixem de ler esta magnífica aventura.

COMO É LINDA A PUTA DA VIDA

Como é Linda a Puta da Vida, de Miguel Esteves Cardoso, Porto Editora

«O que espanta num gato é a maneira como combina a neurose, a desconfiança e o medo – para não falar numa ausência total de sentido de humor – com o talento para procurar e apreciar o conforto e, sobretudo, a capacidade para dormir 20 em cada 24 horas, sem a ajuda de benzodiazepinas. O gato é neurótico mas brinca. (…) Mas, acima de tudo, descobriu o sistema binário da existência. Que é: dormir faz fome. Comer faz sono. Acordo porque tenho fome. Adormeço porque comi. Nos intervalos, faço as necessidades.»

Vale a pena ler? Óbvio que sim! Uma, duas ou três crónicas por dia. Textos recheados de bom humor, de ironia, de boa disposição, de irreverência, de sobriedade e de inteligência, que nos falam de sentimentos, de sonhos e da realidade.

Advertisements

One thought on “Leituras para as Férias Grandes de… Sofia Pereira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s