As escolhas de Natal de… Ana Ramalhete

aquario

 

Aquário de Cynthia Alonso, Editora Orfeu Negro

«Esta é a história de uma menina que vive à beira-rio e que todos os dias se deita no cais, contemplando o movimento dos peixes e da água.
Certo dia, encontra um peixinho vermelho. Logo decide levá-lo para casa e construir-lhe um mundo aquático maravilhoso. Mas, por fim, entende que a amizade, para crescer, deve ser livre como as ondas.»

Quando abrimos este livro mergulhamos numa história sem palavras mas com imagens que falam e nos contam como uma menina passa os seus dias a observar os peixes, a nadar com eles e a sentir-se um pouco como eles. A amizade que trava com um peixe vermelho leva-a a perceber o valor da liberdade e a importância da preservação da individualidade no crescimento da amizade.
Com as ilustrações coloridas de Cynthia Alonso nadamos pelas diversas paisagens e observamos pequenos pormenores que acentuam o amor e a identificação da menina com os habitantes do rio, ora no vestido com peixes vermelhos, ora no gancho do cabelo em forma de peixe, ora no desenho das sobrancelhas ou dos olhos que se assemelham a pequenos peixinhos.

 

A menina dos livros, de Oliver Jeffers e Sam Winston, Editorial Presença

«Uma menina atravessa um mar de palavras para chegar a casa de um menino. Ela convida-o para acompanhá-la numa aventura pelo mundo de histórias onde, com um pouco de imaginação, tudo pode acontecer.

“Desde o início, sabíamos que queríamos criar um conto que celebrasse o nosso amor pela literatura clássica infantil com um toque moderno. Para nós, tratou-se de capturar alguma da magia que acontece quando alguém se perde ao ler uma história intemporal, mas de um modo que os leitores ainda não tinham visto.” Oliver Jeffers e Sam Winston

A Menina dos Livros é uma história com fantásticas ilustrações, vencedora do prestigiado prémio Bologna Ragazzi de 2017.»

Uma história inspirada na literatura clássica infantil. Uma história que nos convida a flutuar e a viajar nas palavras e com as palavras. Uma história que nos dá a mão e nos conduz por mundos mágicos apenas presentes nos livros e na imaginação de cada um. Uma história feita de histórias e com tantas histórias dentro. Uma história que é um lugar onde queremos entrar e permanecer.
As ilustrações acompanham a viagem das palavras, dando-lhes formas variadas conforme o local que percorrem: o mar, um castelo, o céu, a rua, as histórias e criam pequenos apontamentos que nos levam até outros territórios como os de Peter Pan, de Moby Dick ou de Alice no País das Maravilhas, entre outros.

«Eu sou a menina dos livros. Venho de um mundo de histórias. E na minha imaginação eu flutuo.»

comprar

Comprar, comprar, comprar, texto de Luísa Ducla Soares, ilustrações de Sandra Serra, Porto Editora

«O Ruben só pensa em gastar dinheiro e em Comprar, Comprar, Comprar. Nunca está satisfeito com o que tem e quer sempre mais. No dia do seu aniversário, os pais, preocupados com a atitude consumista do filho, dão-lhe um presente muito especial. O Ruben ao receber o presente fica muito desapontado e desconfiado, mas lá o aceita. Dois meses depois, é um rapaz completamente diferente. O que terá acontecido?»

Uma narrativa sobre o consumismo exagerado, as suas consequências e a capacidade de não nos esquecermos de tudo o que de importante podemos ver e fazer para além de vivermos emersos em compras.

 

maquina

Máquina de Jaime Ferraz, Editora Pato Lógico

«Há máquinas para lavar a roupa, máquinas para secar o cabelo e máquinas para cozinhar. Há máquinas que nos prendem horas ao sofá e outras que nos transportam de casa para o trabalho. Num
mundo maquino-dependente, um rapaz recebe do seu avô uma máquina diferente, com o poder de o fazer viajar para mundos fantásticos. Consegues adivinhar que máquina é?»

Com ilustrações a laranja, azul e preto, Máquina é um livro sem palavras, sem sons mas capaz de nos fazer ouvir o ruído das máquinas a trabalharem, dos carros nos engarrafamentos, dos passos apressados das pessoas, dos animais nas florestas. Que poder é esse? Virá de alguma máquina, dessas que usamos todos os dias usamos quase sem darmos por isso, ou será de outro lugar?

monsrosjoao

O João e os monstros, texto de António Gouveia, ilustrações de Beatrice Cerocchi, editora Bruaá

«Um dos muitos medos que se pode ter quando anoitece é o dos monstros debaixo da cama. Já vos aconteceu? Neste livro vamos conhecer o João, um menino que sabe que ter medo não faz mal e que por vezes até nos obriga a fazer coisas muito corajosas. Foi o que aconteceu naquela noite, quando ele decidiu enfrentar os monstros que estavam debaixo da sua cama. Uma pequena história sobre a grande coragem do João que, com muito suspense à mistura, nos reserva uma surpresa final que deixará todos com um sorriso, excepto os monstros, claro.»

Na hora de ir dormir há sempre monstros debaixo da cama. Nada como enfrentá-los com coragem para termos uma boa noite de sono, tal como o João fez e as ilustrações nos mostram. Estas não são nada assustadoras, antes pelo contrário, transmitem a calma e a segurança que ajudam a enfrentar qualquer tipo de monstro (ou de medo) e mostram-nos que, por vezes, vemos monstros onde eles não existem, como uma sombra na parede ou os reflexos da luz num candeeiro. Gostámos particularmente dos monstros azuis e do chão quadriculado ou pautado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.