Tag Archives: Natal

As escolhas de Natal de… Cristina Dionísio

Aqui fica mais uma lista de recomendações de presentes para o Natal, desta vez para os leitores juvenis. As escolhas são de Cristina Dionísio.

GeorgeBigBang

George e o Big Bang, de Stephen Hawking e Lucy Hawking, Editorial Presença

Viaja pelo universo com George e descobre… Como conduzir um veículo lunar; O que fazer quando viajas até Andrómeda; E o que aconteceu meras frações de segundo após o Big Bang. Uma aventura trepidante, recheada de factos reais sobre o espaço e o cosmos, de Lucy Hawking e Stephen Hawking, génio da ciência intergaláctica!

Depois de A Chave Secreta para o Universo e Caça ao Tesouro no Espaço, Stephen Hawking, o mais importante físico da actualidade, em parceria com a sua filha Lucy, leva os pequenos leitores numa viagem através do Big Bang. Intercalando as aventuras de George e do seu porquinho, encontramos também ensaios científicos adaptados para uma linguagem acessível aos pequenos leitores curiosos. Contém ainda mais de 30 imagens a cores do espaço e do sistema solar.

 

Alice

As Aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, Robert Dunn (ilus.), Girassol

Esta edição do clássico de Lewis Carroll, que dispensa apresentações, conta com belíssimas ilustrações a cores da autoria de Robert Dunn.

 

oliver

Oliver e as Perucas do Mar, de Philip Reeve, Sarah McIntyre (ilust.), Zero a Oito

Os pais de Oliver desaparecem e, para os encontrar, o rapaz parte numa viagem cheia de emoção, acompanhado pelos seus novos amigos: um velho albatroz e uma sereia um bocadinho míope — ok, bastante míope. Se a isto juntarmos uma ilha amistosa, então a aventura é certa.

Com divertidas ilustrações de Sarah McIntyre, Oliver e as Perucas do Mar fará garantidamente as delícias de jovens aventureiros.

 

DesastresSofia

Os Desastres de Sofia, de Condessa de Ségur, Oficina do Livro

A Sofia acha que a sua boneca de cera está pálida e com frio. Por isso, põe-na ao sol e… ela derrete-se. Sofia chora, mas nem tudo está perdido porque ela se lembra de convidar as amigas para o divertido enterro da boneca! A Sofia quer brincar com os seus peixes vermelhos e… acaba por deixá-los morrer! E quando tenta ser uma menina bonita, faz um chá para os seus primos… com giz e água do cão. Fica de castigo! Mas a mãe tem razão: ela é uma menina boazinha, tudo isto não passa de uma série de peripécias que mais não são do que Os Desastres de Sofia.

Escrito no século XIX, este é um clássico da literatura infanto-juvenil que tem marcado sucessivas gerações. Todos nós crescemos com as histórias deliciosas da Condessa de Ségur, sendo esta a mais marcante de todas. Mais do que uma leitura para crianças traquinas e adolescentes, esta é também uma oportunidade de os pais se reencontrarem com uma parte da sua infância.

 

Capa As Miúdas de Gallagher

Se disser que te amo, vou ter de te matar (As miúdas de gallagher #1), de Ally Carter, Booksmile

«O Colégio Gallagher (para Raparigas Excecionais) parece, à primeira vista, uma escola típica, onde as adolescentes se  preocupam em combinar a cor da mala com o top que vão usar, e suspiram quando um professor giro lhes sorri. Isso até é verdade, mas o que o comum dos mortais desconhece é que nas suas malas levam câmaras ocultas e o tal professor giro dá aulas de Preparação para Missões Secretas. O Colégio garante que forma os maiores génios do país, mas na realidade é a melhor e mais conceituada escola de espias e agentes secretas.
Cammie Morgan (ou Camaleão, como gostam de lhe chamar) é uma das miúdas de Gallagher. Passou para o segundo ano do curso e pode dizer-se que é uma ótima aluna: é fluente em catorze línguas e capaz de matar um inimigo de sete maneiras diferentes (uma das quais apenas com esparguete cru). Mas ela é também uma adolescente. E no momento em que conhece um rapaz da cidade, que nunca poderá saber quem ela é na realidade, percebe que há questões para as quais o Colégio não a preparou.  Cammie está prestes a enfrentar a missão mais perigosa de sempre: apaixonar-se! Será que está preparada?»

Nesta escola, as Miúdas de Gallagher, de Ally Carter, lidam com os problemas de todas as adolescentes, e que servem de base a muita da literatura juvenil vocacionada para as raparigas: necessidade de aceitação, afirmação na escola… e rapazes, claro. No entanto, esta é uma escola especial: uma escola para agentes secretas e espias, que eleva as peripécias a um outro nível e que é uma autêntica lufada de ar fresco no meio das muitas séries que têm por pano de fundo a vida escolar.

As escolhas de Natal de… Ana Ramalhete

Falta um mês para o Natal e achamos que os melhores presentes para pôr nos sapatinhos dos mais pequenos, e também dos maiorzinhos, são livros, livros e mais livros. Com isso em mente, e porque às vezes é difícil saber o que escolher no meio de tanta oferta, resolvemos dar uma ajudinha. Ao longo desta semana será publicada uma lista de cada uma das redatoras da revista Fábulas com as suas recomendações de livros para oferecer neste Natal. Ana Ramalhete revela aqui as suas escolhas na categoria de Infantil.

9789726650751

Dentes de rato, de Agustina Bessa-Luís, Ilustrações de Martim Lapa, Guimarães Editores

Dentes de rato conta a história da vida de Lourença, dos seis aos nove anos, passada no Douro com a sua família. A escola, as férias, os lugares, as leituras, as aventuras e as fantasias acompanham o seu crescimento interior e exterior e levam-na à descoberta de vários mundos: os reais e os imaginados.

Esta narrativa inspirada nas vivências de Agustina Bessa-Luís enquanto criança, espelha a própria infância, nas suas diversas vertentes: física, psíquica, imaginativa, emocional e poética, que decorre num tempo vertiginoso em que tudo pode acontecer.

o_passaro_da_cabeca_20130121

 O pássaro da cabeça, de Manuel António Pina, Imagens de Ilda David, Assírio e Alvim

Este livro inclui os poemas de Manuel António Pina que integram as edições originais das obras O pássaro da cabeça, Gigões e anantes e O têpluquê, editadas pela Regra do Jogo. O autor parte dos contrários, transforma-os em jogos de palavras e apropria-se do seu significado dando-lhes um novo sentido, como se tivessem vida própria e sofressem mudanças intrínsecas.

Nestes poemas singulares, plenos de originalidade e criatividade, nada é estático ou permanente, tudo se encontra em processo de transformação dinâmica entre o que é e o que não é, o que há e o que não há. A terna desconstrução da realidade leva-nos até um mundo às avessas que parece fazer todo o sentido.

perfumeO perfume do sonho, na tarde, de Luísa Dacosta, Ilustrações de cristina Valadas, ASA

Numa tarde de sábado, debaixo de uma árvore, uma menina, acompanhada do seu gato, deixa-se envolver no sono e entra no mundo do sonho. Aí vive e imagina aventuras desencadeadas pelos seus vestidos mágicos, guardados numa arca encantada. Quando o sol se põe e o gato reclama comida, guarda os fatos que não usou, fecha o baú dos sonhos e corre para casa.

Uma prosa poética construída a partir de aguarelas de Cristina Valadas, perfumada de intertextualidades que vão desde as histórias de As mil e uma noites até aos contos de Hans Christian Andersen. Uma bela simbiose entre texto e imagem.

j.p.m.

Tudo é sempre outra coisa, de João Pedro Mésseder, Ilustrações de Rachel Caiano, Editorial Caminho

Pela prosa do poeta percorremos um caminho separado por uma linha que divide dois mundos aparentemente díspares mas no fundo complementares. Em tudo há sempre outra coisa. Há o lado de cá e o lado de lá, o lado de dentro e o lado de fora, o lado de cima e o lado de baixo.

Neste livro, podemos começar pelo princípio ou pelo fim, podemos ler primeiro a ultima frase de uma página ou a primeira de outra. Podemos pensar ou sentir, ler ou ver, de uma maneira ou de outra. Podemos procurar a prosa e encontrar a poesia, esperar uma resposta e descobrir uma pergunta. Numa coisa há sempre outra coisa.

valterhugo

O paraíso são os outros, de Valter Hugo Mãe, Ilustrações de Esgar Acelerado, Porto Editora

Uma menina divaga sobre a vivência entre casais, sejam pessoas ou animais. Embora não compreenda totalmente o comportamento afectivo dos adultos, homens ou bichos, também espera, um dia, encontrar felicidade no amor. E até já descobriu que «o amor precisa de ser uma solução, não um problema».

Com esta história, Valter Hugo Mãe faz-nos sentir como é importante o amor, construí-lo, procurá-lo, vivê-lo… e ajuda-nos a perceber como é fundamental ter esperança, saber fintar a solidão e ter tempo para aprender «que amar é um trabalho bom».

Novidades e prendas para o Natal

No Natal os brinquedos são o presente por excelência para os miúdos, rapazes e raparigas. Mas a partir de certa altura começam a interessar-se por outras coisas e os brinquedos ficam para segundo plano, ou deixam mesmo de fazer parte da lista. As consolas, os videojogos, os gadjets ganham um lugar de destaque nas preferências dos pré-adolescentes e adolescentes. Mas também se pode aproveitar um pouco da sua curiosidade sempre maleável para oferecer algo que salte fora da caixa e apele ao seu sentido mais prático e criativo ou sonhador, como um livro.

A primeira das minhas sugestões é um livro sobre ciência:

100porcentoLaboratorioCiencia

«Um livro para abordar as primeiras noções científicas de um modo concreto e lúdico através das 50 experiências propostas. Fáceis e divertidas, para fazer sozinho, com amigos ou em família, estas experiências relacionam-se com temas tão variados como a água, as plantas, os animais, o corpo humano, o espaço.» Mais aqui.

Quando era miúda adorava dinossauros, por isso se tem um petiz que adora animais pré-históricos, ele irá certamente delirar com este livro:

Tudooqueprecisassabersobredinossauros

 

«Esta é a enciclopédia que reúne, num único volume, tudo o que precisas de saber sobre dinossauros: espécies, características, habitats, alimentação. Mais de 500 ilustrações;  Organização por ordem cronológica e em cinco capítulos; Informações, factos surpreendentes, perguntas, vocabulário e atividades criativas.» Aqui.

A Porto Editora tem ainda uma coleção de clássicos de referência da literatura infantil que vale a pena explorar. Nela encontram-se histórias de Matilde Rosa Araújo, Manuel António Pina, Guerra Junqueiro, Eugénio de Andrade, Oscar Wilde. Ver aqui a coleção completa.

image

Passando então à literatura, da Civilização Editora chega-nos uma coleção de aventuras, da autora Helen Moss, comparada a Enid Blyton. Chama-se A Ilha da Aventura e cá já se encontra editado o segundo livro.

4493057_LC_3577_O-Misterio-das-Grutas-dos-Assobios_WEB

«Quando o Scott e o Jack Carter têm de ficar com a sua tia-avó durante o verão, preparam-se para as férias mais aborrecidas de sempre. Mas depois conhecem a Emily e o seu amoroso cão, o Drift. A Emily mostra-lhes o farol, o castelo – e as fantásticas grutas dos assobios. Segundo a lenda, quando as grutas pararem de assobiar, o castelo será atacado – e é exatamente isso que acontece! São roubados tesouros incalculáveis e a Emily e os rapazes estão determinados a investigar o caso. Como é que o tesouro foi roubado do castelo? Porque é que as grutas deixaram de assobiar? Será que os três amigos vão conseguir resolver o mistério a tempo de apanharem o ladrão? Esta é a primeira de uma nova séria de emocionantes aventuras – com muitos mistérios para descobrir!» Daqui.

 

A Arteplural, e num conceito que nos faz lembrar a saudosa coleção Aventuras Fantásticas, apresenta, por sua vez, Caçadores de Tesouros, de Ivan Babiano Nieto.

CaçadoresdeTesouros

«O teu tio arqueólogo propõe-te partires com ele este verão em busca de um tesouro, mas primeiro têm de perceber onde poderá ele estar: na selva mexicana ou numa mina em África? Nas galerias de uma pirâmide egípcia ou num vulcão em pleno Camboja? Se quiseres descobrir, faz a mala e embarca nesta viagem. O teu destino depende das tuas decisões. O caminho que escolheres poderá conduzir-te a um tesouro antigo, oculto durante séculos e que guarda segredos terríveis. Escala um vulcão na página 14 ou atravessa um lago cheio de crocodilos na página 22. Na pirâmide do Sol, escolhe entre a eterna juventude na página 12 ou a riqueza infinita na página 20. Detém sozinho os ladrões na página 63 ou com a ajuda de um elefante na página 107.» Aqui.

Em Jovens Heróis Extraordinários, de Michelle Roehm Mccann, da Sinais de Fogo, conhecem-se histórias reais de rapazes que se destacaram no mundo, vindos das mais variadas origens e meios sociais.

transferir (1)

 

«De Tutankamon a Nelson Mandela, de Mozart a Picasso, de Will Smith a Mark Zuckerberg ou Cristiano Ronaldo, todos realizaram feitos extraordinários com o seu talento, perseverança e desejo de mudança, permitindo-nos ver o mundo de forma diferente.» Não encontrei o livro no sítio da editora, pelo que remeto para aqui.

Diário de Sofia & C.ª aos 15 anos, de Luísa Ducla Soares, editado também pela Civilização, é um livro que poderá interessar aos jovens mais crescidos.

3348786_LC_3452_Diario de Sofia e Ca_WEB

Nesta história «Sofia (nome de código) é uma rapariga de 15 anos que recebe um diário como prenda de aniversário. “Que seca!”, pensa ela… Mas num dia de chuva em que não lhe apetece estudar, descobre o diário e resolve estreá-lo. Quem sabe se um dia não será uma pessoa famosa e o seu diário um tesouro valioso? Fica a conhecer o mundo de Sofia & C.ª – a sua família, colegas e amigos – e poderás descobrir que tens muito em comum com ela!» Mais aqui.

E, por fim, acabadinho de sair para os escaparates, o décimo quarto volume da coleção Os 7 Irmãos, de Maria João Lopo de Carvalho e Margarida Fonseca Santos, intitulado Mónica e Mariana – Irmãs e Rivais?.

500_9789897411052_os_7_irmaos_monica_e_mariana_irmas_e_rivais

«Aproxima-se o Natal, tempo de paz, tempo de família. Porém, é precisamente no Natal que a Mónica e a Mariana se zangam de verdade. O feitio tranquilo e alegre da Mónica não encaixa nada bem nas «marianices», por vezes umas a seguir às outras… Contudo, as “ideias geniais” da Mariana são tão imaginativas que nos põem a pensar: afinal, o que fazemos nós para tornar a vida da nossa vila e da nossa família mais bonita e solidária? E que tal se todos contribuíssemos com um pequeno gesto, um enfeite, um texto bonito num blogue, uma surpresa? Se querem ficar a saber de que modo a Mariana “acendeu” uma GRANDE luz de Natal em Vale de Nabais; se querem conhecer o novo vizinho que tanta tempestade causou nos corações “quase geométricos” das duas irmãs, leiam esta GRANDE história! GRANDE, sim, gigantesca! Mas nada que se compare à ideia da Mariana… Apostamos que a palavra “GRANDE” vos vais fazer abrir um GRANDE sorriso!!! Vamos a isso?» Para saber dar um saltinho aqui.