Tag Archives: questões de género

Estudo sobre a diversidade na literatura YA

diversity

Entende-se «diversidade» por presença de personagens, neste caso as principais, de diferentes raças, etnias, orientações sexuais ou com algum tipo de deficiência física ou mental. O estudo analisa os livros para Jovens Adultos da lista de best-sellers de 2013 do jornal New York Times . Esta análise foi feita pela DiversityinYA.com, fundada pelas autoras Cindy Pon e Malinda Lo, com o objetivo de promover a diversidade na literatura para crianças e jovens. Não é rigorosamente científico, mas retira algumas conclusões interessantes. O estudo completo pode ser consultado aqui.

 

Podem os livros para crianças e jovens conter «palavrões»?

Um livro para «jovens adultos» editado recentemente na Inglaterra, intitulado When Mr. Dog Bites, de Brian Conaghan, um escocês radicado em Dublin, está a causar polémica pela sua linguagem considerada inapropriada. Ao que parece o texto contém muitos palavrões. Tal facto tem uma razão de ser: é que o protagonista da história, um rapaz de dezasseis anos, Dylan Mint, padece da síndrome de Tourette, uma desordem neurológica caracterizada por tiques, espasmos e vocalizações incontroláveis.
Em plena adolescência, Dylan vive uma batalha constante na tentativa de controlar os seus impulsos, mas quando descobre que lhe resta muito pouco tempo de vida, resolve fazer uma lista das coisas que quer fazer antes de morrer, envolvendo-se numa série de atribulações.
A questão que este livro está a levantar junto dos críticos é que a editora parece estar a promover o livro pelo facto de conter muitos palavrões. Além disso, questionam-se se seria realmente necessário e apropriado o texto estar tão pejado de obscenidades. Por outro lado, admitem que a história não é sensacionalista, mas provocante. Os artigos que debatem esta questão encontram-se aqui e aqui.

9781408842539

O que é literatura «YA» (Jovem Adulto)?

Young Adult é um género de literatura destinado aos adolescentes a partir dos dezassete, dezoito anos. Contudo, há muitos adolescentes de quinze e dezasseis anos e até mais novos a lerem livros deste género, como também há adultos de trinta e  quarenta anos a lê-los. A questão que se coloca então é a seguinte: o que é exatamente literatura YA? Como se define? Que tipo de histórias têm como alvo o público Jovem Adulto? Ora este artigo que encontrei no sítio teenreads.com deixa-nos com alguma reflexões sobre esta questão e inclui ligações para outros artigos igualmente pertinentes.
A conclusão geral para o facto de tantos adultos gostarem de ler literatura destinada a jovens adultos, ou assim classificada, parece ser a de que estes leitores procuram reviver ou recordar o momento em que se perde a inocência de criança no caminho para a maturidade, com o objetivo de conferir algum significado a essa fase da sua vida. Outra possibilidade é a do puro escapismo. Trata-se de duas explicações entre muitas que podem ser exploradas também neste artigo para o qual o anterior faz ligação.

Serão os romances para adolescentes maus para os rapazes?

Esta pergunta é feita num artigo do The Guardian e parece-me bastante pertinente. Abundam nos escaparates romances juvenis e Young Adult em que os rapazes são lindos, altos, musculados, confiantes, com sorrisos enviesados, ligeiramente trocistas, enfim, perfeitos, pelo menos fisicamente. Na verdade, a maior parte dos jovens de sexo masculino com catorze, quinze, dezassete anos, passa uma fase de transformação, com borbulhas no rosto, a barba ainda rala ou então descontrolada numa cara de miúdo a caminhar para adulto. Esta tendência cria por um lado expectativas irrealistas nas raparigas e, por outro, poderá afetar a auto-estima dos rapazes sujeitos a comparações. São estas as questões que o artigo coloca e pode ser lido aqui. Algo para refletir.